Fazendo as pazes com sua menstruação

Olá, mulher linda!

Hoje eu vou falar com você TUDO SOBRE MENSTRUAÇÃO QUE VOCÊ SEMPRE QUIS SABER, E NINGUÉM CONSEGUIU TE EXPLICAR DE UMA MANEIRA TÃO SIMPLES! Fica comigo que você vai entender como isso mudou a minha vida. Para você ter uma ideia como eu aprendi a fazer as pazes com minha menstruação e a gostar de menstruar, quero te contar uma história…

Foi uma coisa bem curiosa inclusive, sabe por que? Eu fui parar no hospital e não desejo isso a ninguém. Por muitos anos tomei anticoncepcional. Não sabia qual era o meu ciclo e como isso me afetava. Não menstruei por anos. Emendava uma cartela na outra. Vivia no automático, ou seja, perdi a conexão.

Claro me isso me anestesiou, afetou minha libido, minha sexualidade e minha capacidade de sentir prazer por anos. Eu simplesmente ignorava a existência de meu útero. E, sim, vivemos em uma sociedade que não nos convida a olhar para o útero. Atualmente, algumas mulheres têm me relatado que ao ir ao ginecologista, elas escutam: não precisa menstruar, tome essa pílula e você não terá mais esse problema. E esse é o novo “normal”. É normal tomar por anos, mesmo sem precisar, mesmo na adolescência, como foi o meu caso. Comecei com 16 anos e parei só com 26!

Ignorar parecia ser mais fácil do que ver o que está acontecendo e ouvir o seu útero. O corpo é sábio. Quantas vezes ouvimos isso, mas não damos seu devido crédito, né? A decisão de parar de tomar cartelas emendadas uma na outra foi porque eu não queria mais ter as consequências causas pelo anticoncepcional, pois minha família tem histórico de depressão e câncer.

Naquela época, aos 26 anos eu estava no meio da minha segunda (e última) depressão. Foi quando resolvi olhar para mim e para o que estava acontecendo com minha vida que voltei a me conectar comigo mesma. Voltei a menstruar aos 26 anos (10 anos atrás) e já sem hormônios, já sentindo o ciclo e cada fase dele. Mas no início não sabia como lidar, foi dolorido. Só sabia que não tomaria mais as pílulas, mas ainda percebia a menstruação como uma punição. Ainda estava bem desconectada do meu feminino, bem anestesiada mesmo.

Muito de eu trabalhar com o feminino hoje é uma consequência da minha cura. Demorou muito tempo para mim e meu objetivo é encurtar essa caminhada para outras mulheres. Já menstruando eu pensava “esse órgão só me causa dor” e isso foi até meus 32 anos!! Eu tomava muitos remédios para cólica direto e as doses só aumentavam até um dia que… foi o ápice… eu tive uma crise de urticária por excesso de medicamento. Ou seja, meu corpo inteiro ficou coçando, com grosseirões que pareciam escamas. Fui parar no Pronto Socorro, lá deram várias medicações, tive mais reações a isso.

Tudo isso foi em 2015. Nesse período eu estava com pólipo no útero e não queria olhar para isso, não queria mexer, só queria tocar minha vida. Mas os pólipos me faziam sangrar direto e isso foi por mais de um ano, o que me deixou anêmica, e também causava ainda mais dores fortíssimas de cólica.

Até que marquei e fiz o procedimento (simples e rápido!) e minha qualidade de vida melhorou tanto, pois parei de ter sangramento contínuo, as cólicas fortes pararam, minha anemia cessou. Foram retirou 2 pólipos (tinha um outro escondido lá!). O útero estava fazendo toda sua contração e sangramento por um ano tentando expelir essas bolinhas que nasceram no lugar errado… e eu não estava dando atenção para aquilo, estava apenas fazendo minha vida acontecer, com péssima qualidade de vida.

A partir daí eu decidi parar com os remédios (já que muita coisa a partir de então poderia me dar urticária) e eu fui para o natural, e fiz alguns cursos e me tornei aromaterapeuta aplicando em mim. Comecei aqui a frequentar Círculos de mulheres, e quando percebi que tinha conseguido transformar minha vida, percebi que poderia ajudar outras mulheres.

Mudei completamente minha vida em 2017 e resolvi trabalhar somente com mulheres e criei o Círculo Feminino onde atuo como facilitadora na Vila Madalena, na cidade de São Paulo. E assim como eu preciso para mim, imagino que outras mulheres também sintam essa necessidade. E minha intenção aqui é uma reconexão amorosa com esse poder feminino que é meu, que é seu, que é nosso, que é de todas nós.

Talvez a história da linhagem feminina de minha família seja parecida em alguma forma com a sua, pois essa é uma história de muito sofrimento, muita luta para sobreviver, muita escassez, é uma história de gerações de mulheres que colhem dores e doenças no corpo físico hoje que vem de uma história de uma vida, às vezes com consciência, outras sem.

Todos somos seres humanos, temos nossos defeitos, nossas feridas, e quando cai a ficha você não consegue mais “desver”, e daí sim você pode transformar isso. E digo que muito mais poderoso do que compreender racionalmente com a mente é sentir em seu corpo e sentir como muda a energia em seu coração.

Acontecem transformações milagrosas, problemas insolúveis tomaram outras faces. Esse é um caminho sem volta que devemos cultivar. Claro que depende de um esforço próprio para querer melhorar. Todos estão onde estão por escolha, por vezes abrimos mão de algo para estar aqui agora… assim como eu. Mas afirmo que este é um caminho construtivo e de muito poder.

Quando a gente se cura, começamos a curar as outras gerações. Temos o poder de transformar em escalas. Ao fazer por você, você faz pelos outros indiretamente. Sou fruto de minha ancestralidade e sou responsável por minha vida por como será para as futuras gerações.

 

QUERO te falar TUDO SOBRE MENSTRUAÇÃO E VOU DANDO ALGUMAS DICAS PARA VOCÊ APLICAR JÁ E NÃO PRECISAR IR PARAR NO HOSPITAL PRA MUDAR SUA VIDA E A ÚLTIMA DICA é a melhor de todas elas, mas antes eu quero dar um recado. Você já conhece o meu insta? O @circulofeminino

Eu posto muitas informações sobre diversos temas de autoconhecimento feminino que tenho certeza que vão ajuda você em muitas questões! E muita coisa sobre menstruação! Resumidamente, o ciclo menstrual é causado por alterações hormonais. E em média dia 28 dias, sim, o ciclo completo de uma lua que passa pelas fases: lua crescente, lua cheia, lua minguante e lua nova. Não é coincidência. Segue comigo que você vai entender melhor.

No início do ciclo menstrual, o revestimento do útero aumenta de espessura de modo a fornecer nutrientes para o óvulo que ainda está em crescimento num dos ovários. Sim, esse revestimento do útero é o endométrio, ele é uma espécie de “caminha fofa” que vai receber seu óvulo e acolher o futuro bebê, se o óvulo for fecundado.

Por volta do 14ª dia do ciclo, o óvulo é libertado. Caso esse óvulo seja fecundado por um espermatozoide, tem início uma gravidez e o óvulo implanta-se nessa parede espessa do útero rica em nutrientes. Porém, quando não ocorre fecundação, esse revestimento é libertado na forma de sangue menstrual e o ciclo tem novamente inicia.

 

Agora vamos para cada fase:

FASE MENSTRUAL – SANGRAMENTO – CICLOS DIA 1 A 6 + OU –

Na linguagem médica, a menstruação é exatamente a descamação das paredes internas do útero quando não há fecundação. E essa descamação – absolutamente normal, natura – faz parte do ciclo reprodutivo da mulher.

Em geral, a primeira menstruação (menarca) ocorre em torno dos dozes anos;

Basicamente, todo mês, o corpo feminino se prepara para a gravidez, e quando esta não ocorre, o endométrio (uma espécie de membrana interna do útero) se desprende e o fluxo menstrual acontece. Esse fluído é composto por sangue e tecido uterino.

E O QUE VOCÊ PRECISA FAZER PARA SEU AUTOCUIDADO E PASSAR POR ESSA FASE DA MELHOR FORMA POSSÍVEL? VAMOS LÁ PARA ALGUMAS DICAS:

– Descanse: dormir! Sim, dar mais tempo para isso, se possível, em picos de dor deitar e ficar quentinha. Sim, recolha-se em sua toca. Vale fazer escalda pés, bolsa de água quente, chás, ou usar aquelas mantinhas elétricas.

– Aceitar a situação, aceitar você, como c é, aceitar é não brigar com o que está acontecendo, não lutar contra, isso só gera mais atrito. Aceitar faz perder a importância, aceitar tira o foco do negativo, aceitar é na verdade aqui saber-se orgânica, cíclica e não uma máquina linear que tem que ser produtiva 100% do tempo. Atenção, aceitar aqui é acolher a situação, mas é entender também como você pode melhorar o que está acontecendo com você.

Meditar ou rezar. Te conecta em outra frequência e vibração, isso libera hormônios de bem-estar.

– Atenda o seu desejo de ficar sozinha. Só faça o estritamente importante, não invente moda! O básico, o essencial, o resto do tempo se resguarde. Adie compromissos, desmarque o que puder. Agora você deve estar achando isso impossível? Não, não é. Isso vai fazer você sair dessa situação bem antes e com muito mais energia. Um dia assim de respeito a sim e você vira um furacão de produtividade para os outros!

Quando entramos nessa fase, é como se entrássemos na caverna, na toca, e queremos ficar nela, é quase uma metáfora de entrar para a cova mesmo, estamos morrendo, deixando ir o que não vingou, enlutando muitas coisas da vida que não deram certo, então nesse momento mentalize o perdão a si, o mais importante e em seguida perdoe os outros e deixe o passado para trás, sim, não tem como reverter o que não vingou, deixei ir, deixe fluir, deixe tudo isso entrar na terra, e transmutar.

Esse é um bom momento para você se perguntar o q realmente você quer da sua vida, o que você quer fazer diferente, o que você quer mudar e faça um exercício de visualização, visualize o que deseja, visualize um futuro positivo, visualize você fazendo as ações que de fato quer fazer. E ISSO QUE VAI TE PREPARAR PARA A FASE SEGUINTE, DA DONZELA, DA PRIMAVERA, DA PRÉ-OVULAÇÃO.

 

SABE POR QUE MENSTRUAR É SAGRADO? DO MEU PONTO DE VISTA, CLARO…

Porque é nesse período que renovo meu compromisso comigo, com o caminho que quero seguir, ajustando ele a quem eu sou hoje, reduzindo ou desistindo de certas coisas e aumentando outras que fazem mais sentido.

Direcionando a minha bússola para onde eu quero ir, para melhorar quem eu fui ontem, ou no ciclo passado, para avaliar e mudar meus comportamentos, ou aprender a cuidar mais de mim com ações que tragam mais qualidade de vida, sem depender dos outros para ser feliz.

A quem quero me associar, quem quero seguir, quais pessoas são referências de paz, sabedoria e não-violência, com quem devo andar mais e trocar mais mensagens para ser mais feliz. Sim, respeitar esse momento, faz a sua potência como mulher vir à tona com toda força nas fases seguintes! Então, aproveite!

 

MAS, E A CÓLICA?

Durante a menstruação, os músculos do útero se contraem para ajudar o corpo a eliminar o revestimento do endométrio. Isto pode ser bastante incômodo para algumas mulheres. Estas dores relativas à menstruação podem ser aliviadas com exercício leve, um banho morno, uma almofada para gerar calor no ventre ou com remédios devidamente indicados (eu amo os homeopáticos e os florais).

 

Mas vou dar dicas aqui de chás que podem ajudar muito também: a medida é uma colher de sopa da erva seca para uma xícara de água fervente. Se for a erva fresca são duas medidas, ok. Todos os chás, para você ter resultado, tem que tomar 3 xícaras por dia, todo dia e pode tomar só até no máximo 3 meses. Escolhe o que for mais fácil para você. E usa ela de diversas formas!

E agora para inflamação – porque dor e cólica é estresse inflamatório -, as indicações de chás são:  tanssagem, cúrcuma longa ou açafrão (a raiz e não o pó do mercado) com pimenta do reino, gengibre, mil folhas, chá verde, chapéu de couro, cavalinha, garra do diabo, dente de leão. Juro que é tudo nome de chá, rs! Todos esses podem ser usados em chá (3x/dia), banho de assento, vaporização do útero e também tintura.

 

Outra coisa que quero dizer a você, como você já sabe, a menstruação é fluxo sanguíneo periódico que sai pelo canal vaginal entre a puberdade e a menopausa. Ou seja, por volta de 40 anos de sua vida, você vai menstruar todo mês, então vamos lidar com isso da melhor forma possível para amar ser mulher! Começando por nossa linguagem.

 

VOCÊ JÁ OUVIU ALGUMA MULHER DIZER “ESTOU DE CHICO”? Pois é, corrija sempre que puder quem disser isso a você… essa expressão, na verdade, vem do português falado em Portugal, no qual Chico é sinônimo de “porco”, daí o advento da palavra “chiqueiro”. Mas qual a conexão com a menstruação?

A ligação vem de uma cultural religiosa patriarcal machista em que o período menstrual era considerado sujo e visto como um impedimento para as relações sexuais, pois a mulher só servia a esta sociedade como meio subserviente reprodutor. Então, está na hora de parar, não replique isso, combinado! Digo porque o sangue menstrual é o único que não é originado de uma violência, de uma guerra, de feridas e não causa morte.

Esse fluido liberado representa uma etapa de um ciclo, que é um momento de renovação e introspecção. Só isso. É um momento em que devemos parar de cuidar dos outros, para cuidar de nós mesmas.

 

Quer alternativas? Estou menstruada. Estou na minha lua.

A menstruação traz O ARQUÉTIPO DA ANCIÃ, DO INVERNO, DA DEUSA BRUXA.

É nesse momento que tendemos a ficar mais para dentro mesmo, sem fazer nada. Geralmente sentimos mais fome e mais frio. Queremos nos aquecer, queremos calor, comer e beber coisas quentes, queremos nos recolher da luz, podemos ter fotossensibilidade, ou seja, ter os olhos mais sensíveis a luz e querer ficar em lugares mais escuros.

Nossa energia baixa, com aquele símbolo do celular “bateria fraca”, e também o que tem está direcionada para si, para o autocuidado, é tempo de descansar o quanto for possível para amenizar os sintomas. Sim, nossa energia é retirada do mundo, isso porque estamos tentando restaurar, recuperar a energia que está saindo. Por isso que peço, renomeie a sua TPM para TEMPO PARA MIM.

 

Porém alguns homens brincam com uma mulher em TPM… queria ver eles – que possuem um baixo nível de tolerância para dor – tivesse os nossos sintomas, rs. Claro que o seu ciclo – INCOMPREENDIDO – pode afetar significativamente a vida das pessoas que vivem com você e também seu relacionamento. A SOLUÇÃO? Conversar com seu parceiro sobre menstruação!

Tem um ditado que diz: quando o 1º esposo (a menstruação) chega o 2º dá espaço. O SEGREDO DA PAZ MUNDIAL: ele te deixar em repouso por 2 ou 3 dias iniciais de sua menstruação vai instaurar uma paz nunca antes experimentada. Faça acordos nesse sentido e me conte depois!

Primeiro, esqueça a vergonha. A menstruação é tão natural e tão linda que é por causa dela que algum dia, se você quiser, seu corpo pode gerar um ser humano. Não se esqueça: somos o único caminho até o Planeta Terra, esse é o nosso poder! E também que somos metade da população do planeta e outra metade são os filhos gerados por mulheres!

Aprenda a conversar sobre sua menstruação com todos a seu redor, vamos desmistificar, quebrar tabus, fale com sua mãe, com sua filha e seu filho, com seu parceiro. Imagine que você está contribuindo para que no futuro todos respeitem esse período.

Mantenha uma atitude saudável e responda a todas as perguntas sobre esse tema de forma honesta, autêntica, pois o ciclo menstrual não é apenas uma questão para mulheres. Mantenha todas as linhas de comunicação abertas. Crie confiança e facilite a vida com seu parceiro. É bom para você fazer sexo menstruada? É bom para ele? O que você gostaria que acontecesse nesse período? Que ele te jogasse algum doce de longe como se estivesse alimentando uma leoa e saísse correndo? Combine. Tenho certeza que isso vai facilitar a sua vida, a vida dele e a vida do casal

 

VAMOS PARA UM BREVE RESUMO DAS FASES AQUI RELACIONANDO-AS COM OS ARQUÉTIPOS:

A fase menstrual, do 1º dia de sua menstruação até o 6º, é o arquétipo da Mulher Anciã, da Bruxa, do Inverno, da Lua Nova.

Em seguida temos a fase pré-ovulatória, do 7º ao 13º mais ou menos, em que estamos com a disposição de uma jovem garota, o arquétipo aqui é o da Donzela, da Primavera e da Lua Crescente.

Depois vem a fase ovulatória, entre o 14º dia e o 20º dia, aqui é a Mulher fértil, o arquétipo da Mãe, do Verão, e da Lua Cheia, plana de vida.

E depois vem a fase pré-menstrual, com o arquétipo da feiticeira, do Outono, da Lua Minguante.

 

Então, o que vem depois da fase menstrual, segundo a explicação médica?

A FASE PRÉ-OVULATÓRIA – ENTRE A MENSTRUAÇÃO E A OVULAÇÃO – é o período em que o óvulo se desenvolve para sair do ovário e o útero se prepara para receber um óvulo fecundado.

E a FASE OVULATÓRIA – EM QUE HÁ A LIBERAÇÃO DO ÓVULO – a mulher está fértil e tem maiores chances de engravidar. Uma curiosidade aqui: você sabia que o óvulo humano é um gigante comparado com outras células no corpo? Sim, é a maior célula no corpo humano e a única célula que pode ser vista a olho nu!

Voltando:

FASE PRÉ-MENSTRUAL – ENTRE A OVULAÇÃO E MENSTRUAÇÃO – que vai do 21 ATÉ O 1º DIA DO SANGRAMENTO, em que o estrogênio faz com que o endométrio fique mais grosso e se prepare para proteger e alimentar o embrião, mas quando o óvulo não é fecundado, ele morre após 12 ou 24 horas. E após essa morte, há o início de uma nova menstruação.

Ou seja, nesta 4ª fase, o revestimento uterino fica mais grosso: depois da ovulação, o óvulo viaja em direção ao útero. Se o óvulo não é fecundado, a superfície do endométrio já não é necessária. O ciclo está completo e a menstruação começará novamente.

Essa fase tem como sintomas típicos: acne, mamas rígidas e doloridas, fadiga, irritabilidade, sensação de inchaço com a retenção de líquidos. Para algumas, também cólicas fortes e mal humor. Tudo isso pode fazer você se sentir indesejada, o que pode aumentar sua carência.

 

RECOMENDAÇÕES PARA SUA TPM:

Como entender… no momento em que rangemos os dentes de raiva também queremos colinho… só se conhecendo muito para saber expressar com afeto qual é a sua necessidade naquele momento. E dizer para quem mora com você:

“Neste momento, minha necessidade é de escuta.”

“Neste momento, o que mais cuida de mim é este caminho.”

“Neste momento, eu tenho necessidade de silêncio.”

 

Agora se você se sentir inquieta, a melhor coisa que pode fazer é se mexer, mover o corpo mesmo. Se puder, faça continuamente exercícios leves como caminhar, pois aumentará sua frequência cardíaca. Isso porque o exercício oferece uma dose natural de endorfina, que vai melhorar seu humor e realmente fazer com que se sinta melhor. Se estiver em sua casa, busque no Youtube aula de pilates, yoga, zumba, dance, somente se mexa!

Tem mais: suar pode fazer com que se livre dos fluidos extras, da sensação de inchaço.

Preste atenção à sua pele neste momento. Podem aparecer algumas espinhas incômodas. O melhor é beber muita água e evitar alimentos gordurosos ou com muitas calorias. Nesse momento, temos a pele mais oleosa, os poros incham e podem aparecer as espinhas.

A dica aqui é manter seus poros super limpos durante as duas semanas anteriores a sua menstruação. E se você tiver uma espinha, use uma gotinha de óleo essencial de teatree ou melaleuca em um pedaço de algodão para tratá-la, porque ele é um ótimo antibactericida, antiviral e antifúngico.

Agora, se você é como eu, nos dois ou três dias anteriores à menstruação você também terá um pouco de insônia ou dificuldades para dormir.  Sim, o aumento e a queda dos níveis dos hormônios que regulam o ciclo menstrual podem afetar sua capacidade de dormir e permanecer dormindo.

Para enfrentar isso basta fazer mais exercícios físicos, cansar o corpo mesmo. E claro, evitar bebidas alcóolicas, durante todos os dias dessa fase, mas principalmente à noite.

Você vai perceber como isso pode mudar sua vida ao manter um registo dos dias do mês que você tem dificuldade para dormir. E não ficará mais perdida tentando encontrar a causa daquela noite horrorosa…

 

Outra coisa que muda muito para mim. Meu apetite aumenta tanto nessa fase do seu ciclo menstrual, que eu tenho vontade de comer o batente da porta, viro uma drágea, sugando e mastigando de hora em hora.

1ª dica: evite ir a mercados nessa fase, você vai gastar bem mais do que precisa!

2ª dica: evite alimentos de altas calorias.

 

Agora a última dica: acompanhe seu humor e seus sintomas mensalmente e você vai entender o padrão de comportamento do seu ciclo. Assim, você vai conseguir prever seu futuro, saber minimizar consequências ou até melhorá-lo para ter mais bem-estar!

Você saberá quando sua menstruação pode chegar e estará preparada, coloque alguns ecoabsorventes e copinhos coletores na bolsa.

Você saberá quais dias você vai querer namorar mais e já agendar as travessuras com a pessoa amada.

Você saberá em quais dias não marcar reuniões e se preservar do excesso de interações com o mundo.

E COM ESSE SEU AUTOESTUDO VOCÊ TERÁ CONDIÇÕES DE EXERCER O SEU PODER COM TODA A FORÇA QUE VOCÊ POSSUI. VOCÊ SERÁ DONA DO SEU CORPO, DA SUA VONTADE E DIRÁ: “SOU TUDO O QUE UM DIA EU SONHEI PARA MIM!”. Porque o bom mesmo é quando a gente entende que não precisa ser perfeita. Que não precisa agradar todo mundo

Que não precisa estar certa nem ter razão. Porque descobriu que bom mesmo é ser você!

 

Se gostou, deixa seu comentário, seu coração e envie para todas que precisam saber dessas informações e dicas.

 

 

 

Compartilhe

Tais Caldas

Sou Tais Caldas, idealizadora e facilitadora do Programa Círculo Feminino. Desenvolver grupos de mulheres interessadas em autoconhecimento, resgate de autoestima e redescoberta do prazer na vida. Possuo Capacitação em Saúde e Educação Sexual pela ABRASEX – Associação Brasileira dos Profissionais de Saúde, Educação e Terapia Sexual. Além disso, crio arte em aquarela e sou uma amante da aromaterapia, sendo esses meus hobbys. Formada em Relações Internacionais pela PUC-SP e pós-graduada pela Unesp. Atualmente estou em minha segunda graduação, em Psicologia.

Deixe uma resposta